Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Oh captain! My captain!

" But only in their dreams can men be truly free. 'Twas always thus, and always thus will be."

Oh captain! My captain!

" But only in their dreams can men be truly free. 'Twas always thus, and always thus will be."

Sab | 19.03.16

Eleanor and Park.

2. Livro detestado

 

Eleanor and Park - Rainbow Rowell

 

Coloco este livro nesta categoria por dois motivos:

1º - não me ocorreu nenhum livro que tivesse, alguma vez, realmente detestado;

2º - detestei este livro pelo que a autora do mesmo fez no final da história!

Li este livro num só dia, metida no quentinho da cama, com a chuva forte a bater na janela. A escrita tão fluída, a história tão comovente, as personagens deliciosas fizeram-me chorar ao longo de toda a leitura, mesmo antes de eu ter chegado à derradeira página final. Foi um daqueles romances que conquistou o meu coração de uma só vez e fiquei eternamente rendida à paixão destes dois jovens, tão diferentes e, inacreditavelmente, tão semelhantes. Acontece que a Rainbow Rowell deve ter feito, certamente, um pacto com o diabo. Nesse pacto, o diabo disse-lhe: terás uma vida eterna, com tudo do bom e do melhor, mas terás de escrever um final que deixará milhões de fãs desconsolados por todo o universo. E a Rainbow aceitou, de bom grado, porque é a única justificação plausível que eu encontro para ter escrito um final tão aberto, tão agonizante como este. Eu até gosto deste tipo de desfecho, a sério, não sou totalmente contra que a resposta final fique a pairar na nossa imaginação. Mas acontece que gosto de ter sempre algumas pistas que me levem a acreditar que o final seguiu determinada direção, ainda que não seja totalmente explícito. Não é isso que acontece neste livro. Este livro sugou toda a minha energia emocional porque chorei oceanos perante o final em suspenso e depois passei o restante tempo à procura de o decifrar na internet. Cheguei à mesma conclusão: a nenhuma. A minha única esperança reside na crença de que a autora está a preparar um segundo livro e que ainda vamos ler muito sobre a Eleanor e o Park. Acendo velas em Fátima para que esta crença se concretize! E é por este desespero, esta necessidade de ter um desfecho que considero este livro detestável. Ele é apaixonantemente detestável, porque mesmo com este término arrebatador de corações, ele vale totalmente a pena.